Tech, Health & Wellness

Um processos de mudança, importante e necessário. Uma ação benéfica e positiva que visa apoiar a empresa/RH a obter melhores rendimentos de seus colaboradores, assim com o bem-estar dos mesmos. Extrair da equipe todo o seu potencial de desenvolvimento.

Saiba mais

Não fique com dúvidas.
Entre em contato conosco.

São Paulo - SP - Brasil hisnek@hisnek.com +55 (11) 99997.2011
Nos acompanhe online
Alimentação Alimentos para aumentar a energia cerebral e evitar a fadiga

Alimentos para aumentar a energia cerebral e evitar a fadiga

Fadiga é uma epidemia moderna. A maioria de nós é atormentado pela exaustão, dia após dia. Você bebe cafeína para começar o dia, come carboidratos refinados para ter energia no meio do dia, devora doces para obter aquele açúcar amado, e então… .crash!

Névoa do cérebro (brain fog) começa e você nem consegue terminar suas frases ou se lembra de pegar seu filho na escola. Ok, estou exagerando, mas a coisa fica feia.

Este ciclo vicioso de excesso de cafeína e sobrecarga sobre o que é considerado “combustível” está realmente esgotando o reservatório de energia do seu corpo.

O que podemos comer para melhorar nossa clareza mental?

Segue uma lista de alimentos cerebrais que você pode comer diariamente para ajudar a sustentar sua preciosa energia.

Tenha em mente que nenhum alimento único possui poderes miraculosos para mantê-lo energizado durante todo o dia. Sua dieta global deve ser considerada quando você adiciona alimentos que promovem energia. Se sua dieta é consistentemente insalubre, você pode não sentir a energia desses alimentos em todo o seu potencial.

Alimentos ricos em clorofila

A clorofila é o sangue verde das plantas. Quase idêntica ao nosso próprio sangue, a clorofila fornece uma transfusão de energia oxigenante em nossa corrente sanguínea, proporcionando às nossas células uma vitalidade duradoura. Isso, obviamente, otimiza nossa função cerebral.

Quanto mais escuro o verde, mais clorofila dentro. Esverdeie sua vida com uma salada ou suco fresco diariamente:

Couve
acelga
Rúcula
Salsinha
Brotos
Spirulina
Chlorella
Superalimentos

Os superalimentos são apenas outra maneira de dizer que um alimento específico tem uma dúzia ou mais de propriedades benéficas nele. Por exemplo, um superalimento normalmente contém grandes quantidades de nutrientes e fitoquímicos. Seguem 3 superalimentos:

MAÇÃ

Maçã foi cultivada nos Andes peruanos da América do Sul por quase 2.600 anos. Esta raiz tem sido usada medicinalmente por séculos. Uma vez colhida, é então seca, em pó e comida de várias formas.

Maca é um adaptogênico surpreendente e fornece uma abundância de propriedades energéticas. Tomada diariamente, diminui os níveis de stress, aumenta a força e resistência e aumenta a sua libido. O ideal é 1 colher de sopa em chás, sucos, smoothies.

CACAU

Esta maravilha amazônica é repleta de magnésio (que aumenta o poder do cérebro) e compostos feniletilamina (PEA), que desempenham um papel importante no aumento do foco e do estado de alerta. Os flavonoides presentes no cacau também aumentam o fluxo sanguíneo para o cérebro.

PÓLEN DE ABELHA

Produtos feitos de pólen de abelha são considerados alguns dos superalimentos mais concentrados no mercado hoje.

Rico em vitaminas do complexo B e em todos os vinte e dois aminoácidos, o pólen de abelha certamente o encherá de energia e evitará a fadiga. Pólen de abelha também ajuda a aumentar o número de glóbulos vermelhos em humanos. Mais glóbulos vermelhos = mais oxigênio = mais energia!

 

Ácidos Graxos Essenciais

Alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3 desempenham um papel vital na função cerebral. Existem três tipos de ácidos ômega-3: ALA, EPA e DHA, cada um com seus próprios benefícios. DHA é o nosso destaque aqui, que é encontrado em peixes gordurosos, como salmão selvagem, sardinha, atum, cavala e truta.

O DHA é crítico para a memória e nutrição cerebral. Como não produzimos DHA em nossos corpos, precisamos ingerir fontes naturais ou tomá-lo na forma de suplementos.

Sementes de linhaça
Sementes de Chia
Nozes
… Estão cheias de ALA (ácido alfa-linolênico), um ômega-3 à base de plantas que ajuda a manter nossos cérebros afiados e vitais.

Tente cobrir sua salada diária com qualquer uma dessas nozes e sementes saudáveis ​​para aumentar seu poder cerebral.

 

Carboidratos Saudáveis

Arroz integral, batata-doce ou grãos integrais como aveia fornecem energia na forma de glicose. Estes carboidratos complexos amigáveis ​​ao cérebro têm um baixo índice glicêmico que é a taxa na qual o açúcar (da comida) entra no cérebro e nas células do corpo. Comer alimentos com baixo IG manterá sua energia estável durante todo o dia. Outros carboidratos de baixo IG incluem leguminosas (grão de bico, lentilha e feijão). Evite cereais açucarados e granolas doces, sucos açucarados e pães processados. Se você precisa comer um alimento com alto índice glicêmico (aquele docinho sabe?) É melhor consumi-lo logo após a refeição, porque comê-lo conjuntamente com outros alimentos retardará a entrada de açúcar em sua corrente sanguínea e cérebro.

Escrito por Daniela Cyrulin