Conteúdos Qual a sua intenção pra hoje?

Qual a sua intenção pra hoje?

[vc_row enable_grid_lines=”” css=”.vc_custom_1545729514881{padding-top: 4px !important;}”][vc_column][vc_column_text]Essa pergunta pode soar familiar para aqueles que praticam ioga ou meditação.

É algo particularmente comum perguntado no início de uma prática para ajudá-lo a se concentrar e obter o resultado desejado.

E isso funciona! Mas por que? Intenção não é mágica. É, muito simplesmente, um objetivo ou plano.[/vc_column_text][vc_empty_space height=”34px”][vc_column_text]

Quando estabelecemos uma intenção, o que estamos fazendo é estabelecer um plano para a nossa semana. Sem um plano, estamos sem rumo e à mercê de nossas circunstâncias. Como Benjamin Franklin inteligentemente colocou, “Se você não planeja, está planejando fracassar”.

[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_column_text]Aqui estão algumas razões pelas quais você deve definir sua intenção no início de cada dia:

1. Quando escolhemos uma intenção, estamos nos dando um foco para que, quando as coisas derem errado, tenhamos algo em que nos agarrar. É como a âncora em uma tempestade – nos mantém sólidos no meio do caos. Se você escolheu a gratidão como sua intenção, quando alguém não te dá passagem na marginal ou quando o colega de trabalho o interrompe ou seu filho faz uma bagunça na cozinha, você pode encontrar algo grato ao invés de se concentrar em suas circunstâncias.

2. Nossa intenção nos dá a oportunidade de aprender. Se você definir sua intenção, você será capaz de aprender a encontrar alegria nas minúcias do seu dia. Sem essa intenção, você poderia ter tropeçado sem pensar muito em suas decisões ou atitude.

3. Definir uma intenção permite que você comece o dia atentamente. Em vez de investir de cabeça nas atividades da manhã, reserve um momento para refletir e começar o dia com um plano. Definir sua intenção não é complicado! Escolha uma palavra ou ideia e permita que ela o guie durante o dia.

É um bom planejamento. Se você quer ser gentil, escolha gentileza. Se você quiser ser paciente, escolha paciência. Se você quer se contentar, escolha contentamento.

Assista este simples ato de começar a transformar sua vida cotidiana!

Escrito por Samantha Hackradt[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]