Tech, Health & Wellness

Um processos de mudança, importante e necessário. Uma ação benéfica e positiva que visa apoiar a empresa/RH a obter melhores rendimentos de seus colaboradores, assim com o bem-estar dos mesmos. Extrair da equipe todo o seu potencial de desenvolvimento.

Saiba mais

Não fique com dúvidas.
Entre em contato conosco.

São Paulo - SP - Brasil hisnek@hisnek.com +55 (11) 99997.2011
Nos acompanhe online
Dicas Os benefícios da vitamina E

Os benefícios da vitamina E

Disponível em muitos alimentos, entre eles as nozes e sementes, a vitamina E desempenha papel vital para manter nosso corpo saudável e nossa pele com uma ótima aparência – e é por isso que você costuma identificá-lo como um ingrediente em protetores labiais, soros, loções e limpadores.

A vitamina E é o nome coletivo de um grupo de oito compostos lipossolúveis que possuem capacidade antioxidante.

 

Qual o papel da vitamina E no corpo?

A principal função da Vitamina E é trabalhar como um antioxidante, eliminando radicais livres – que podem danificar as células. Deixados desmarcados, os radicais livres podem danificar as células e contribuir para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e câncer. Suas capacidades antioxidantes também desempenham um papel importante na proteção de nossas células contra os efeitos prejudiciais de toxinas ambientais, como a poluição e os raios UV do sol, tornando-o extremamente importante para a saúde da nossa pele. A vitamina E é conhecida como a ‘vitamina da pele’ porque é um poderoso promotor de cura e proteção da pele, tornando-a benéfica para problemas inflamatórios da pele, queimaduras e rugas.

 

Quais são os benefícios para a saúde da vitamina E?

A vitamina E tem uma variedade de benefícios, graças em grande parte às suas propriedades antioxidantes e muitos desses benefícios podem ser alcançados obtendo-se vitamina E através de sua dieta.

 

1. Protege a pele dos danos causados ​​pelo sol e da poluição

Há uma boa razão para você estar vendo a vitamina E como um ingrediente em cremes faciais com mais frequência. Seu principal papel na pele é evitar danos induzidos por radicais livres e espécies reativas de oxigênio, além de reduzir a inflamação.

 

2. Reduz os sintomas de eczema e psoríase

A vitamina E é um remédio natural para irritações e coceira na pele, provavelmente devido às suas propriedades hidratantes e antiinflamatórias. Em um estudo, a suplementação oral de vitamina E foi associada a uma redução na gravidade da coceira do eczema. Em outro estudo, descobriu que o óleo tópico de vitamina E é eficaz na redução dos sintomas da psoríase, uma doença auto-imune que causa manchas escamosas espessas, com coceira, secas e avermelhadas na pele.

 

3. Melhora o funcionamento imunológico

À medida que envelhecemos, ou quando estamos lidando com alguma condição crônica de saúde, nosso sistema imunológico pode ficar comprometido, o que nos coloca em maior risco de doenças infecciosas, tumores e outras doenças. Mas pesquisas sugerem que uma dieta rica em alimentos ricos em vitamina E pode ajudar a melhorar a imunidade.

 

4. Promove a saúde cardiovascular em geral

Como um antioxidante, a vitamina E desempenha um papel importante na saúde cardiovascular. Vários estudos descobriram que um aumento da ingestão de vitamina E a partir de fontes alimentares foi associado a um risco reduzido em até 35% de morte por doença cardíaca.

 

5. Protege contra o declínio cognitivo

Com o tempo, o dano cumulativo aos neurônios do nosso cérebro causado pelos radicais livres pode contribuir para doenças neurodegenerativas como o mal de Alzheimer. Assim, os pesquisadores especularam que a obtenção de níveis adequados de antioxidantes como a vitamina E em sua dieta pode ajudar a combater os danos.

A vitamina E desempenha um papel fundamental na função imunológica e neurológica e promove a saúde vascular, impedindo o acúmulo de plaquetas que pode levar a coágulos e aumentando a vasodilatação, o que mantém a pressão arterial sob controle.

Qual a quantidade vitamina E que precisamos por dia?

A recomendação diária de vitamina E para adultos é em torno de 15 mg por dia, mas dependendo da sua alimentação, isso pode variar, então procure sempre um nutricionista.

 

Como saber se você é deficiente em vitamina E?

A deficiência de vitamina E é rara e geralmente ocorre apenas se você estiver desnutrido. Alguns sinais de deficiência incluem piora da visão, dormência ou formigamento nas mãos e nos pés, fraqueza muscular, anemia, problemas de memória e reflexos e coordenação ruins. Se o seu médico suspeitar de deficiência de vitamina E, eles podem confirmar isso com um exame de sangue.

 

Quais alimentos devo comer?

O alimento oferece uma mistura de diferentes formas de vitamina E, que provavelmente agem sinergicamente para exercer benefícios à saúde.

 

Confira as melhores fontes alimentares de vitamina E:

Óleo de gérmen de trigo (1 colher de sopa): 20 mg
Leite de amêndoa (1 xícara): 16,5 mg
Amêndoas (1 punhado): 6,8 mg
Avelãs (1 punhado): 4,3 mg
Molho de tomate (1 xícara): 2,9 mg
Manteiga de amendoim (2 colheres de sopa): 2,9 mg
Damascos secos (½ xícara): 2,8 mg
Abacate (1 fruta): 2,7 mg
Espinafre (½ xícara cozida): 1,9 mg
Pimentão vermelho (1 pimenta média): 1,8 mg
Brócolis (½ xícara cozida): 1,2 mg
Kiwi (1 fruta): 1,1 mg

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin

Faça da sua comida o seu remédio

Deixe a comida ser o seu remédio, e o seu remédio ser a sua comida. O alimentos de verdade combatem a inflamação, fazem a pele brilhar, equilibram os hormônios, curam o intestino e muito mais. Então preencha seu prato com os alimentos que vão fazer bem para o seu corpo, mente e alma.

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin